glittertextmaker.info

 


 

 

 

 

glittertextmaker.info
glittertextmaker.info

 

 






 

 

 

 

glittertextmaker.info

 

 

 

ORAÇÃO DA FLORESTA SAGRADA

Força da floresta sagrada,
Milenar moradia dos meus ancestrais,
Desperta hoje em mim vosso conforto...
Força da sagrada floresta,
Milenar guardiã dos segredos astrais,
Desperta em mim a paciência divina...
Força da floresta silenciosa ao amanhecer,
Milenar moradia de animais sagrados,
Desperta em mim a
forma natural e original...
Floresta interior,
guardiã do meu Eu verdadeiro,
Milenar conhecedora das
minhas dores desnecessária,
Desperta em mim a lógica e o
desprendimento natural...
Força da Floresta sagrada,
Milenar templo, onde irmãos
levantam seus rezos,
Desperta em mim o canto de vitória,
sobre minhas lutas pessoais...
Força da Floresta sagrada sou cipó,
madeira, animais, água, vento...
Sou sua face Natureza Divina...
Não faço planos, sigo intuitivo como tu
Não me preocupo, sei que a
chuva vem sem tardar!
Sou sua face Natureza Divina...
Sou sua Natureza Divina
Sou Natureza Divina
Sou perfeito em minhas
imperfeições naturais
Sou o canto alto do pássaro
demarcando minha aceitação
Neste presente estar!

(Autora: Lady Ikisha)




domingo, 31 de janeiro de 2016

O Uso das Máscaras


As máscaras surgiram em 30.000 anos A.C. onde era fabricada e ornamentada para ser usada em celebrações, cultos e rituais de povos primitivos. 

No Egito Antigo, as máscaras eram usadas na crença da passagem para a vida eterna. Colocavam uma máscara na face dos mortos. 

Os Gregos usavam as máscaras em cerimônias religiosas. 

Na China, as máscaras eram usadas para afastar os maus espíritos. Desde o início do século XX, as máscaras eram usadas no Teatro Oriental, máscara como parte do figurino de suas peças. 

Já no Teatro Ocidental, as máscaras traduziam as expressões de alegria e de tristeza, representando os sentimentos do personagem de um rei, de um guerreiro.

 Na Itália eram usadas pelos "bobos da corte", artistas do riso, transformaram-se em Arlequim, Pulcinella, Pierrot e Colombina, personagens que inspiraram o Carnaval de Veneza.

No século XV, os historiadores registram o "Ball Masquê", como o primeiro baile de máscaras. No Ball Masquê o uso de máscaras era obrigatório e satisfatório devido a constantes conflitos políticos. Os cortesãos mascarados faziam brincadeiras, confiantes no anonimato, extravasando todos os seus impulsos reprimidos, libertando-os das normas sociais. 

Em Veneza, as máscaras tornaram-se peças decorativas, transformando-se em principal atividade econômica para a região.

(Fonte: carnaxe.com.br)

Nenhum comentário: